Por Gabriela Belnhak

Durante os dias 14 e 15 de dezembro rolaram debates sobre a Universidade da Cultura Livre e os espaços de formação tradicionais e alternativos. Foi pontuada a desescolarização, processo onde a escola não se coloca como fundamental na “construção” do indivíduo, já que o ser humano, naturalmente se forma, independente de qualquer instituição.

Encontro da #UniCult.

No encontro, grande parte dos provocadores – e a maioria vinculada a universidades federais conceituadas no Brasil – aderiram à Universidade Fora do Eixo. “Quem disse que todo mundo precisa se formar, casar e ter filhos?”, questionou Carol Yokuyo na abertura do Congresso Nacional Fora do Eixo. A UniFdE discute a postura fechada que, por vezes, instaura medo e terror naqueles, em tese, devem se preparar para o mercado, imerso em um sistema decadente e em crise permanente.

Confira como foram esses dois dias de evento em momentos e cenas despreocupadamente fotografados.

Fila para almoço em restaurante da USP.

#BancodeIdeias

Feira de Economia Solidária e Distro Fora do Eixo.

#IdeiasPerigosas

Fotos: Gabriela Belnhak

Anúncios

Sobre Macondo Coletivo

Associação de Produtores Independentes Macondo Coletivo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s