Uma orquestra clown completamente atrapalhada – composta por um maestro nervosinho e um músico que tudo questiona –  foi apresentada ao público que esteve na segunda-feira à noite, no Boteco do Rosário, na terceira edição do (pausa dramática), iniciativa do Teatro Por que não? em parceria com o Boteco, Macondo Coletivo e Palco Fora do Eixo. A leitura livre do texto do dramaturgo alemão Karl Valentin (1882-1948) foi feita pelo grupo TUI – Teatro Universitário Independente.

A apresentação caótica de uma orquestra que mais fala do que toca seus instrumentos e que pede aplausos – levantando um cartaz-  divertiu o público. O texto de Concerto de Orquestra mostra impasses, problemas de comunicação, jogos de palavras e alguns diálogos que parecem não ter sentido algum. O cômico aparece na ação do músicos da orquestra com os instrumentos, no ciclista andando de bicicleta com venda nos olhos e na discussão confusa entre o palhaço Valentim e o maestro.

 

O acesso ao teatro

Karl Valentin defendia a ideia do Teatro Obrigatório Universal, em que todos fossem obrigados pelo Estado a ir ao teatro, bem como é feito com a escola. Cristiano dos Santos, integrante do TUI, explica que alguns anarquistas do pós-guerra, principalmente da Alemanha, acreditavam que se  alemães tivessem levado seus filhos ao teatro, poderiam ter encontrado o sensível do humano, perdido no contexto de guerra. “O texto apresentado mostra que as pessoas não se relacionam, há uma confusão, cada uma fala uma coisa, não há um entendimento e as pessoas não entram em harmonia, por isso, vem a guerra”, destaca a atriz Inês Rorato, do TUI.

Marcele Nascimento, também integrante do grupo TUI, lembra que o dramaturgo, no texto Por que os teatros estão vazios, critica os teatros vazios e expõem seus argumentos a favor do Estado obrigar a população a frequentar os teatros.

Conforme Cristiano, além desses questionamentos, o texto de Valentin também foi escolhido porque ele defendia que “se você não vai ao teatro, o teatro vai até você”, ideia que se encaixa na proposta do (pausa dramática).

A próxima edição do (pausa dramática) ocorre no dia 01 de agosto, às 20h, no Boteco do Rosário.

Texto e fotos: Silvana Dalmaso

Entrevista e vídeo: Kareka Ricordi


Anúncios

Sobre Macondo Coletivo

Associação de Produtores Independentes Macondo Coletivo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s